Halloween: 5 personagens assustadores da literatura

E aí, tudo bem? Conforme falado no post sobre Sam Raimi, o mês de outubro é dedicado ao terror e o 1 bom filme vai te dar dicas sobre o gênero: ao longo dessa semana e até o dia 31 falaremos sobre terror na literatura, nos games, animes, séries e claro, no cinema! Vai ter post sobre terror nacional, diretores, subgêneros, além de indicações de curtas, jogos, animes, séries e livros, e para o dia do Halloween separamos 1 filme, 1 série, 1 anime, 1 jogo e 1 livro sobre bruxas! Ficou curioso(a)? Então siga o blog e nossas redes sociais para não perder nenhum dia! Dando prosseguimento, fiquem com 5 personagens assustadores da literatura:

Mr. Dark

something-wicked-this-way-comes-1.jpg

Baseado no conto O Parque Negro e escrito por Ray Bradbury em 1962, Algo Sinistro Vem Por Aí/ Algo Malígno Vem  Aí (Something Wicked This Way Comes), traz Mr. Dark, dono de um parque de diversões bizarro onde se vendem sonhos em troca da alma das pessoas. Nascidos na madrugada de 30 para 31 de outubro com apenas 2 minutos de diferença (um nasceu um minuto antes da meia noite e o outro um minuto depois da meia noite)  os amigos Jim Nightshade e Will Halloway são seduzidos pelas promessas do misterioso proprietário do parque, que acaba de chegar à cidade onde eles moram. Com o próprio nome diz, Mr. Dark tem o caráter tenebroso; é um homem cruel, manipulador e intimidante cujo prazer é infligir dor e causar destruição, se alimentando do medo que provoca – e ele provavelmente vem fazendo isso há bastante tempo, através de seu carrossel mágico ao som da Marcha Fúnebre de Beethoven. Seu corpo é coberto de tatuagens, cada uma representando suas vítimas, por isso ele é também conhecido como O Homem Ilustrado. O filme No Templo das Tentações (1983), com Jonathan Pryce e Pam Grier , é baseado nesse livro e foi produzido pela Disney, que recentemente anunciou um remake.

Mr. Hyde

mr-hyde.jpg

Nomes como a criatura de Frankenstein de Mary Shelley (1818), considerado a 1ª obra de ficção científica da história, Carmilla (de Joseph Sheridan Le Fanu),  a 1ª vampira feminina da literatura  (1872) e inspiração para Drácula de Bram Stoker (1897) e demais vampiros, o próprio Drácula – maior destaque entre todos, sendo o responsável pela popularização dos vampiros e cuja influência perdura até hoje em divesas obras da cultura pop – ou mesmo Manfred, de O Castelo de Otranto (Horace Walpole), escrito em 1764 e considerado o 1º livro de literatura gótica, poderiam integrar essa lista, mas é Mr. Hyde (O Médico e o Monstro – 1886, de Robert Louis Stevenson) quem figura aqui, não apenas pela sua aparência monstruosa e aterrorizante mas também por seu nível de maldade: Mr. Hyde, uma das personalidades do dr. Jekyll, é literalmente o mal materializado, uma personificação do lado sombrio do ser humano, cometendo crueldades com muitos que cruzam seu caminho, até mesmo idosos ou crianças, chegando a pisotear uma delas até quase a morte.

Emeric Belasco

Hell-House-Richard-Matheson.jpg

Personagem do livro A Casa Infernal, de Richard Matheson (autor de Eu Sou a Lenda), Emeric Belasco – conhecido como “o formidável gigante” – é um fantasma que habita a mansão Belasco, localizada no Maine. Quando criança, Emeric teria matado um gato para ver se ele ressuscitaria e quando isso não aconteceu, ele o cortou em pedacinhos e o atirou pela janela. Praticou incesto aos 10 anos de idade, fez um professor cometer suicídio e, já adulto, acorrentou seu filho até que este morresse, promoveu orgias e atrocidades como canibalismo, mutilações, necrofilia, vampirismo e chegou a oferecer uma jovem como alimento para um tigre enquanto seus convidados assistiam. Em uma de suas festas, os convidados foram mantidos em condições abjetas, deixados no escuro e com fome, e eles começaram a matar uns aos outros para se alimentarem enquanto Belasco observava. Tempos depois, os parentes das vítimas encontraram todos mortos dentro da mansão, mas Belasco não estava entre eles. Tudo isso faz de Emeric Belasco um personagem bastante assustador e contribui para a fama horripilante do local, palco de muitos assassinatos e mortes sem explicação. A Casa Infernal foi adaptado para o cinema em 1973, com o título de A Casa da Noite Eterna.

Pennywise

pennywise-.jpg

Stephen King é considerado um mestre da literatura de horror contemporânea, e vários personagens poderiam ser citados, a exemplo de Annie Wilkes (Misery), Randall Flagg (Dança da Morte), Lester Lowe (A Hora do Lobisomem) ou Taduz Lemke, (A Maldição do Cigano – se você lembra da sinopse de Arrasta-me-me para o inferno no texto sobre Sam Raimi e sabe do que se trata o livro do King, vai relacionar os dois enredos) mas o Pennywise (It: A Coisa) foi escolhido para entrar na lista devido a seu caráter mutante, se transformando em várias criaturas temidas pelas crianças – suas vítimas preferidas – mas capazes de tirar o sono de qualquer um, sendo o conhecido palhaço apenas uma entre as formas terríveis que adquire para assustar e assim se alimentar do medo que as pessoas sentem. Além disso, Pennywise pode ficar parcialmente invisível, criar ilusões, ler pensamentos, controlar pessoas, se teletransportar e estar em vários lugares ao mesmo tempo.

Nyarlathotep

nyarlathotep-.jpg

Imagens retiradas do Devianart

É verdade que o mais conhecido e temido entre os Grandes Antigos – divindades cósmicas anteriores ao homem criados por H.P.Lovecraft – é Cthulhu, uma criatura malígna com asas de morcego e tentáculos na cara que está dormindo no fundo de um oceano terrestre, sendo um dos adversários do Aquaman (DC Comics) e aparecendo em vários jogos (há inclusive um RPG de horror que leva o nome do conto onde ele aparece pela 1ª vez – Chamado de Cthulhu – cuja edição brasileira foi custeada através de um financiamento coletivo realizado em 2013 pela editora Terra Incógnita). Mas é Nyarlathotep – um dos Deuses Exteriores que apareceu em um conto de mesmo nome escrito em 1920 – quem fica com o título de mais assustador da literatura de Lovecraft, pois enquanto os outros deuses habitam as estrelas ou estão dormindo como no caso de Cthulhu, Nyarlathotep frequentemente aparece na Terra se passando por humano, embora tenha a capacidade de assumir mil formas apavorantes. O seu maior interesse é promover a destruição da humanidade, e assim vai manipulando e deixando um rastro de loucura, maldade e morte por onde passa. Não é à toa que é conhecido como Caos Rastejante: Nyarlathotep é um legítimo semeador do caos e está presente em À Procura de KadathOs Sonhos na Casa das Bruxas, Os Ratos nas Paredes O Habitante da Escuridão, além de menções em Um Sussurro nas Trevas e A Sombra Vinda do Tempo.

personagens-assustadores

Qual o personagem mais assustador pra você? Conta pra gente!

Siga nossas redes e não perca nenhuma dica!
Facebook| Instagram | Twitter | Filmow | Google +

Anúncios

7 comentários sobre “Halloween: 5 personagens assustadores da literatura

Comentários

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s