Dia Mundial da Música

E chegamos à última parte das postagens comemorando o dia mundial da música 😦 Foi bem difícil escolher os itens para compor essa lista, mas aqui estão!

Dia Mundia da Música – Parte I

Dia Mundial da Música – Parte II

#1boasérie:

Crazy Ex Girlfriend

crazy-ex-girlfriend.jpg

“Rebecca Bunch (Rachel Bloom) é uma jovem que trabalha em um importante escritório de advocacia em Nova Iorque. Após um encontro casual com Josh (Vincent Rodriguez III), uma antiga paixão da adolescência, ela decide deixar o emprego, vender o apartamento em Manhattan e se mudar para West Covina, Califórnia, onde ele mora.” É isso mesmo que você leu: Rebecca larga a vida perfeita que tinha em NY para ir em busca de um cara que reecontra por acaso, na rua, após vários anos. Isso já seria loucura suficiente, mas a verdade é que ela vai atrás de Josh por simplesmente interpretar errado algo que ele diz, sem que houvesse nenhum indício de que ele ainda gostava dela.

Crazy-ex.jpg

Rebecca chega em West Corvina e consegue facilmente um novo emprego devido a seu espetacular currículo, e segue mentindo para todo mundo sobre o real motivo de ter se mudado para a cidade. Lá, ela conhece Paula (Donna Lynne Champlin), que acaba se tornando sua melhor amiga, e posteriormente, cúmplice de suas investidas em Josh. Conhece também Greg (Santino Fontana), amigo de Josh, a quem começa a usar para se reaproximar do seu alvo. Rebecca faz tudo para conquistar Josh, mesmo após descobrir que ele tem namorada. As canções são interpretadas por Rebecca e demais personagens, sempre satirizando/parodiando o mundo pop e o comportamento da “ex-namorada louca”, que nunca é capaz de admitir seus erros de julgamento.

crazy-ex-girlfriend.jpg

Já na canção de abertura vemos que a série tem noção do termo sexista de seu título, e a intenção é justamente brincar com isso, ao mesmo tempo que expõe seu lado crítico e reflexivo sobre os excessos que vemos Rebecca cometer para chamar a atenção de seu amado, que de tão absurdos chegam a ser engraçados. Crazy Ex Girlfriend foi produzida pela própria Rachel Bloom para o Showtime, que desistiu de exibí-la, então o CW a adquiriu. A 1ª temporada estreou no ano passado e teve 18 episódios, atualmente disponíveis na Netflix. A 2ª temporada volta no dia 21 de outubro com 13 novos episódios. Confira as divertidas perfomances musicais aqui. (Update em 10/03/17: a 2ª temporada já está disponível na Netflix)

#1bomanime:

Shigatsu wa Kimi no Uso

shigatsu-wa-kimi-no-uso-05-large-17.jpg

“Arima Kousei é um ex-prodígio musical que perdeu a habilidade de tocar piano depois que sua mãe, que também era sua instrutora, faleceu. Sua vida agora é monótona, mas ela começa a ganhar cor quando ele conhece Miyazono Kaori , uma audaciosa e determinada violinista. ” No início Arima a odeia, mas seu julgamento logo muda ao ouvir Miyazono tocar. Ele fica encantado e aos poucos recobra a vontade e o prazer de tocar, além de força para seguir adiante. É um anime lindo (visual e história) e emocionante (do tipo que você chora deslavado meeeesmo!) sobre amor, amizade e renascimento, que usa a influência da música nos processos de descoberta e formação do ser humano.

Shigatsu.wa.Kimi.no.Uso.full.1875292.jpg

Conhecido também como Your Lie in April, Shigatsu wa Kimi no Uso é uma adaptação do mangá de mesmo nome escrito e ilustrado por Naoshi  Arakawa, que teve 11 volumes publicados entre 2011 e 2015. A 1ª e única temporada foi exibida entre outubro de 2014 e março de 2015, com 22 episódios. Um filme live-action foi lançado em setembro no Japão. Veja o trailer do anime clicando aqui e do filme clicando aqui.

#1bomjogo:

 Rayman Legends

rayman-legends.jpg

“Rayman, Globox e os Teensies estão vagando por uma floresta encantada quando descobrem uma tenda misteriosa cheia de pinturas cativantes. Ao chegar mais perto, eles percebem que cada pintura parece contar a história de um mundo mítico. Quando olham a pintura de uma terra medieval, são inesperadamente sugados para dentro da figura, e nesse mundo a aventura começa. A turma deve correr e saltar em todo o ambiente para se dar bem e descobrir os segredos de cada uma das pinturas lendárias.” Resumindo: Rayman Legends é um jogo onde o personagem principal tem a missão de salvar o mundo em que ele vive de criaturas malígnas.

rayman-legends.jpg

A princípio Rayman Legends seria exclusivo para Wii U mas foi posteriormente lançado para PC (Windows), PlayStation 3, PlayStation 4, PlayStation Vita, Xbox 360 e Xbox One. Desenvolvido em 2013 pela Ubisoft, o diferencial desse exemplar da série lançada em 1995, são as fases musicais. Apesar do visual e da trilha sonora serem incrivelmente belos, são os últimos desafios de cada mundo (são 6 no total) que dão a maior emoção ao jogo, e claro, o que faz ele figurar aqui nessa lista. O jogador corre durante toda a fase, passando pelos obstáculos que aparecem de acordo com o ritmo da música executada, e as ações do personagem também são sincronizadas com a trilha, que tem direito a Eye of the Tiger, da banda Survivor (Rocky III) e Woo Hoo, de The 5.6.7.8’s (Kill Bill  Vol. 1), por exemplo. É sensacional!

#1bomlivro:

Alta Fidelidade

Alta-Fidelidade-Companhia-das-Letras.jpg

“O livro narra a história de Rob Fleming, 35 anos, dono de uma loja de música à beira da falência que apenas vende discos de vinil. Azarado no amor e ao mesmo tempo uma enciclopédia ambulante sobre música pop, os caminhos da vida terminam por levá-lo a analisar suas escolhas e prioridades, fazendo com que alcance a maioridade.” Alta Fidelidade é dividido em 2 partes: Antes e Hoje, e começa com um “top 5” das piores separações amorosas que Rob sofreu; sinceramente achei todo o Antes bem chato. Relutei em indicar esse livro por 2 motivos: o 1º é que tem uma linguagem feita para homens (chamada dude-lit) e o 2º, ligado ao 1º, é que o personagem principal passa a maior parte do tempo sendo um babaca machista, egoísta e egocêntrico que julga tudo e todos de acordo com seu gosto musical. Sério, passei boa parte do livro odiando o Rob, só continuei a ler pelas listas de músicas que ele apresenta (Rob é obcecado por listas e por música; faz lista de 5 músicas sobre vários temas) e  por todas as referências musicais, além de cinemas e quadrinhos.

“Você corre o risco de perder qualquer pessoa com quem valha a pena estar junto, a não ser que você seja tão paranóico com isso que você escolha alguém absolutamente impossível de perder, alguém que ninguém mais no mundo poderia querer.”

O caráter realista do personagem também acaba sendo interessante, porque gera identificação com qualquer um que já tenha levado um pé na bunda e outras situações cotidianas. Aos poucos a gente percebe onde o autor que chegar: no amadurecimento de Rob, então o que lemos é parte do processo de construção/transformação do personagem até ficar um pouco menos babaca depois de aprender algumas lições. É um livro existencialista, que mesmo claramente sendo livro “de homem pra homem”, como em uma conversa entre brows, é uma boa pedida também para as mulheres. Alta Fidelidade foi adaptado para o cinema em 2000, no filme estrelado por John Cusack. Confira as músicas citadas no livro neste link.

alta_fidelidade_-_divulgacao

E aí, gostou de nossas listas? Fala nos comentários!

Siga nossas redes e não perca nada!
Facebook| Instagram | Twitter | Filmow


Anúncios

Um comentário sobre “Dia Mundial da Música

Comentários

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s