Carne Trêmula

bom-filme

O entregador de pizza Victor Plaza (Liberto Rabal) se envolve em uma confusão quando, após ser dispensado por Elena (Francesca Neri), uma mulher com quem havia se encontrado na semana anterior, vai até o apartamento dela tirar satisfações. Os policiais Sancho (José Sancho) e David (Javier Bardem) aparecem, e a partir de então todos terão que conviver com as consequências daquele fatídico momento.  Assista ao trailer:

Hoje é aniversário do cineasta Pedro Almodóvar, e decidi indicar o 1º filme dele a que assisti. Vi Carne Trêmula há muitos anos, em uma sessão do Corujão, quando nem sonhava em estudar cinema. Sei que foi um filme que me marcou pela força de sua história e suas reviravoltas; há uma cena específica, já na metade final, onde a personagem Elena nos pega de surpresa e choca pela sinceridade, o que nunca saiu de minha cabeça.

Lembrava também da ambiguidade de sentimentos, ora odiando um personagem e me compadecendo de outro; ora compreendendo atitudes do personagem que eu havia odiado e sentindo raiva daquele que via como um coitado. Assisti novamente agora há pouco e as emoções permaneceram as mesmas, acompanhando a trajetória de personagens que – reunidos pelo acaso – se mostram reais e cheios de nuances, com atitudes que parecem se voltar contra eles mais à frente, entrelaçando suas vidas em uma trama carregada de traição, desconfiança, culpa e arrependimento.

carne-tremula.jpg

Quem conhece a força das personagens femininas do cineasta pode estranhar que Carne Trêmula seja um filme mais voltado para o masculino, com mulheres exploradas em relações nocivas, de certa forma até mesmo podendo serem vistas como culpadas pelas tragédias que acontecem e pelo comportamento perturbado dos homens do filme, embora eu não ache que houve alguma intenção de culpabilizar ou inferiorizar alguém e sim de colocar todos como vítimas de suas próprias atitudes, tendo que arcar com as consequências delas; assim, a complexidade que provém disso ultrapassa a distinção de gênero, e é um ponto alto do filme.

carne-tremula.jpg

Carne Trêmula tem um tom mais melodramático (um romance policial novelesco, que se aproxima do padrão hollywoodiano) mas que não deixa de fora a ousadia e nem a força de dos diálogos, cores e cenas do diretor, com reviravoltas impactantes. Almodóvar ainda aproveita esse espaço para tecer uma crítica à repressão enfrentada pelos espanhóis até a década de 1970 (ditadura franquista), quando a história se inicia. O filme conta com a participação de Penélope Cruz, como a mãe de Victor, em sua 1ª aparição em filmes do cineasta. Carne Trêmula é inspirado em Live Flesh, um clássico da literatura inglesa escrito por Ruth Rendell e publicado em 1986.

carne-tremula.jpg

Um bom filme pra você!

 

Siga nossas redes e não perca nada!
Facebook| Instagram | Twitter | Filmow| Google +


Título original: Carne Trémula (Espanha | França, 1997)

Direção: Pedro Almodóvar

Roteiro: Pedro Almodóvar | Jorge Guerricaechevarría | Ray Loriga

IMDB: 7,5

Anúncios

Comentários

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s