Louca Obsessão

O famoso escritor Paul Sheldon (James Caan) sofre um acidente de carro e é socorrido pela enfermeira Annie (Kathy Bates), que afirma ser sua fã. Ela o leva para sua isolada casa e cuida de sua saúde, mas um dia acaba tendo acesso aos originais do próximo livro do escritor e descobre algo desagradável sobre o destino de sua personagem predileta. Tal revelação faz com que sua personalidade doentia se revele e Sheldon se vê à mercê das loucuras da admiradora.

Assista ao trailer (contém spoilers):

 

Obs: Tem na Netflix

OBS: Contém spoilers

Louca Obsessão é uma adaptação de 1990 do livro Misery, escrito por Stephen King e publicado em 1987. Ao contrário de algumas controversas adaptações cinematográficas do autor (Oiii, O Apanhador de Sonhos!) Louca Obsessão é uma das clássicas, que merecem atenção de qualquer um que goste de suspense e terror psicológico, independente de gostar ou não do King (a exemplo de obras como Conta Comigo e Um Sonho de Liberdade que agradam a qualquer pessoa com juízo a maioria das pessoas, mesmo as que não conhecem seu trabalho). Sem nenhum elemento sobrenatural (o que muitas vezes é o que estraga tudo tanto nos livros do King quanto nas versões fílmicas deles), o livro e o filme são bastante pé no chão e realistas, nos fazendo lembrar que tal história é absolutamente possível de acontecer na vida real, não apenas em relação ao sequestro e cárcere privado (como vemos nas notícias com frequência preocupante), como também à obsessão de alguns fãs por seus ídolos, que os deixa capazes de cometer as mais absurdas e assustadoras loucuras.

O filme mostra Paul Sheldon, um famoso escritor (não sei dizer se a semelhança com Sidney Sheldon é mera coincidência, mas prefiro pensar que não), que se refugia em uma pequena cidade numa região remota para terminar de escrever a sequência de sua aclamada franquia de best-sellers, cuja personagem principal se chama Misery Chastain. No entanto, após terminar o manuscrito, Paul sofre um acidente de carro durante uma nevasca, embora ele não pudesse ter sorte melhor ao ser resgatado por Annie Wilkies, uma enfermeira local e não apenas isso: sua fã número 1. Infelizmente, Paul não demora a sentir na pele o quanto a devoção de sua salvadora pode ser extremamente nociva e perigosa, principalmente após ela descobrir o destino que Paul decidiu dar à pobre Misery, heroína dos livros. Revoltada, Annie revela um lado sombrio bem diferente da mulher de olhar e sorriso meigos que o socorreu, e passa a atormentar Paul com a exigência de que ele reescreva a obra. O filme funciona bem sozinho e satisfaz enquanto adaptação, apesar dos problemas comuns ao ajustamento da mídia, como suprimir partes interessantes ou mudanças de pontos de vista; nada que prejudique o resultado final.

O terror psicológico, a tensão e o suspense são mantidos durante todo o filme (muitas vezes me vi prendendo a respiração). A narrativa é bastante fluída e não temos aqui nenhum momento que possa ser encarado com “encheção de linguiça”; tudo serve para estabelecer a situação aterradora de Paul ao se ver prisioneiro de Annie e isolado do mundo. A direção de Rob Reiner expõe as nuances de Annie com eficácia, com closes em suas expressões, e não tem como não falar sobre a atuação estupenda de Kathy Bates: é realmente magnífica a forma como ela muda de humor e expressão em segundos. Em um instante Annie está falando doce e calmamente e no outro termina a frase gritando ou em tons arrepiantes. Ainda que James Caan faça um bom trabalho como Paul, apresentando um personagem que na maior parte se esforça para não demonstrar o desespero de estar em circunstâncias tão dramáticas, tratando Annie sempre com bom humor e cautela, o maior destaque de Louca Obsessão sem dúvida é Kathy Bates, que faz valer cada uma das indicações e premiações que recebeu (faturou Oscar, Globo de Ouro, Chicago Film Critics Associations). Deus me livre de ouvir um “sou sua/seu fã nº 1”! Espero que eu não tenha nenhum(a) fã com Annie por aí.

Um bom filme pra você!

Siga nossas redes e não perca nada!
Facebook| Instagram | Twitter | Filmow| Google +


 

Título original: Misery (EUA, 1990)

Direção: Rob Reiner

Roteiro: William  Goldman

Gênero: Suspense | Terror psicológico | Drama

IMDB: 7,8

Anúncios

2 comentários sobre “Louca Obsessão

Comentários

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s