Baahubali: O início

O rei de Mahishmati, Amarendra Baahubali, e sua esposa, Devasena, gorvenaram o reino onde as pessoas estavam vivendo em paz e prosperidade, até que um cruel ministro se junta com o rei Bhallaladeva e captura o reino, matando Baahubali em uma grande guerra. Para evitar ameaças, Bhallaladeva manda matar Devasena e seu filho, que conseguem fugir. Agora, o filho de Baahubali, Shivudu, que é secretamente criado pela mãe de Bhallaladeva, volta para o resgate do reino de seus pais.

 

OBS: Tem na Netflix

Hoje trago pra você a magia espetaculosa de Bollywood, através do filme Baahubali – O Início. Bollywood é o nome da maior indústria de cinema da Índia, tal como Hollywood é nos EUA. O cinema chegou na Índia apenas alguns meses após a invenção dos irmãos Lumière, e durante a década de 1930 os filmes eram produzidos pela Calcutta’s Tollygunge Studios. O termo Bollywood surgiu nos anos 1970, em alusão à cidade onde os filmes eram produzidos – na época chamada Bombaim (hoje Mumbai) e à grande indústria cinematográfica americana. A Índia produz cerca 1.000 filmes por ano e de todos os filmes assistidos no mundo, 5% são produzidos por Bollywood.  Para saber mais sobre Bollywood e cinema indiano clique aqui e aqui.

Baahubali – O Início é um filme com belas locações e fotografia espetacular, as cores são tão destacadas que chegam a ser cansativas aos olhos em suas duas horas e 17 minutos de duração. A história começa um pouco confusa, tem exageros comuns aos filmes indianos, flashbacks esquisitos, alguns efeitos visuais são perceptíveis e artificiais demais e algumas cenas são absolutamente desnecessárias, como um clipe romântico com o casal protagonista que acaba de se conhecer. Mas, se tratando de cinema indiano, o clipe musical não poderia faltar, mesmo que não acrescente nada para a trama – é comum as cenas musicais e de dança ressaltando a cultura do país.

A história parece se alongar demais, porém sinto que o que me faltou foi entender a fundo a estrutura e a linguagem de filmes indianos e saber mais sobre a cultura da Índia para torná-lo ainda mais agradável de assistir. Em todo caso, é um enredo interessante, que quando emplaca é capaz de tirar o fôlego com a grandiosidade da produção e as belas imagens. As atuações agradam, principalmente Tamannaah Bhatia, como Avanthika (me fez compará-la com a Lara Croft da nova franquia de jogos Tomb Raider iniciada em 2013 – embora perca sua intensidade após conhecer Baahubali) e Anushka Shetty, como Devasena, personagem que demonstra uma força impressionante. A batalha final é incrível, as estratégias utilizadas são inovadoras e empolgam bastante. Há ainda uma revelação bombástica que faz a gente esperar ansiosamente pela continuação ( Baahubali – A Conclusão, cujo lançamento está previsto para abril de 2017).

Nno fim das contas a produção convence. A maquiagem, figurinos, acessórios, cenários e cores (verde, vermelho e tons de azul lindíssimos) enchem os olhos, a trilha sonora é boa – em muitos momentos me senti assistindo a algum musical da Disney, sério. Baahubali – O Início foi o filme mais caro já produzido na Índia e alcançou a maior bilheteria indiana nos EUA. Ainda que seja um filme de longa duração, pode ser uma excelente pedida para assistir despretensiosamente, como simples entretenimento. Quem sabe até te surpreenda e desperte seu interesse em outras produções de Bollywood e indianas em geral. Não deixe de conferir o motivo de tanto sucesso e tirar suas próprias conclusões.

Um bom filme pra você!

 

Siga nossas redes e não perca nada!
Facebook| Instagram | Twitter | Filmow| Google +


 

Nome original: Bahubali – The Beginning (Índia, 2015)

Direção: S.S. Rajamouli

Roteiro: Vijayendra Prasad  | S. S. Rajamouli

Gênero: Ação | Aventura | Drama

IMDB: 8,5

 

Anúncios

Comentários

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s